HOME SOBRE DIÁRIO DE VIAGEM LÍNGUA PERSA SEU GUIA FAQ CONTATO LOJINHA

SALVE ESTA DATA! 28/09

Cinema Iraniano: Gosto de Cereja

DE VOLTA, O FILME DO MÊS!
Uma obra prima que traz o brilhantismo e poesia do cinema iraniano, em um gênero inovador 


Badi (Homayoun Ershadi) é um homem de meia idade, que angustiado dirige seu carro pelas estradas poeirentas dos arredores de Teerã. Ele está em busca de alguém que o ajude a realizar uma estranha tarefa, por (200.000 tomans, o equivalente a seis meses de trabalho). A tarefa é: enquanto ele se deita em um buraco na terra, a pessoa iria chamar seu nome duas vezes; se ele responder de volta, ajudá-lo a sair do buraco, e se ele não responder, enterrá-lo. Em outras palavras, Badi está tentando cometer suicídio e quer alguém para enterrá-lo. 
Na beira da estrada, ele encontra vários rapazes para os quais oferece carona e revela seu plano. Primeiro ele pede a um soldado curdo, que recusa a tarefa e sai do carro bruscamente. Em seguida, ele pede a um seminarista afegão, que rejeita a tarefa por motivos religiosos. Finalmente, ele encontra um velho taxidermista azeri que concorda em ajudá-lo, por estar precisando do dinheiro para o tratamento de seu filho doente; mas que antes tenta dissuadi-lo de sua ideia. O ancião revela que há muitos anos atrás também teve o desejo de cometer suicídio, mas desistiu ao provar o gosto das cerejas ( é daí que vem o título do filme).  
Não sabemos qual é o motivo pelo qual o protagonista Badi está tentando acabar com sua própria vida. Percebemos através de seu olhar deprimido e expressão melancólica, que ele vive solitário e deprimido, embora sua boa aparência e veículo possante, revelem uma boa condição social. Alguns detalhes sutis, apontam para uma suposta homossexualidade do personagem, como o momento em que ele elogia a aparência de um trabalhador, mas nada conclusivo.
Gosto de Cereja (1997), dirigido por Abbas Kiarostami, é uma história incomum, que surpreendeu o mundo, com seu estilo inovador. Sendo o primeiro filme iraniano a ganhara Palma de Ouro em Cannes, consolidou um processo de reconhecimento internacional do diretor iniciado dez anos antes por “Onde fica a casa do meu amigo?” (1987) e revelando o carismático Homayoun Ershadi, que na época não era um ator profissional, mas que depois seguiu brilhantemente a carreira no cinema. 

Gosto de Cereja (1997)
Irã| Drama | 95 min.| cor
Direção: Abbas Kiarostami
Elenco: Homayoun Ershadi, Abdolrahman Bagheri, Afshin Khorshid Bakhtiari, Safar Ali Moradi, Hossein Noori 

>> Assista o filme completo com legendas em português:


Adoce o chá com seu comentário!

Postar um comentário