HOME SOBRE DIÁRIO DE VIAGEM LÍNGUA PERSA SEU GUIA FAQ CONTATO LOJINHA

Salam 2015! Feliz Ano Novo!!!

"Ave na Casa Abbasian em Kashan", foto de Janaina Elias (2013) 

Que o Ano Novo traga alegrias multiplicadas

  Tristeza, dor e mágoa sejam apagadas de nossas faces

  Que as faces da Mãe Terra fiquem rosadas com o calor dos abraços

  E que a prosperidade seja arremessada em todas as direções

  Que suas palavras sejam doces, e seu espírito uma vívida fragrância


(Adaptação de um poema persa) 

 Feliz 2015! Sale no mobarak!     


2015 chegando: é momento de planejar!


Salam amigos da Pérsia! Em 2015 o blog Chá de Lima da Pérsia completará 3 anos de vida! E que história linda! Nessa caminhada realizei meu grande sonho de viajar para o Irã, fiz muitas amizades aqui no Brasil e lá também, e tive muitas outras surpresas maravilhosas. Mas como todo final de ano, é momento de refletir sobre o que fizemos e deixamos de fazer. Sinto que esse ano o blog diminuiu bastante o ritmo das postagens e andei deixando a desejar em alguns quesitos.
A verdade é que trazer tantas informações inéditas sobre o Irã, aumentou cada vez mais as expectativas  dos leitores. Mas ao longo do ano, outras obrigações na minha vida profissional e pessoal acabaram limitando a minha dedicação ao blog, apesar de eu me esforçar para atualizar diariamente a nossa Fanpage no Facebook. No entanto, eu quero e pretendo esse ano continuar produzindo um conteúdo de qualidade e também trazer algumas novidades. 
Então, eis algumas das Metas para 2015 para o nosso Chá-de-Lima da Pérsia:

 Organizar as páginas do blog por temas para facilitar a busca de conteúdos: 
Navegar em um blog com 3 anos de existência nem sempre é fácil e nem sempre a caixinha de pesquisa dá conta de "escarafunchar" tanto conteúdo. Um dos objetivos este ano é mapear todas as postagens em categorias específicas: Atualidades, Arte e Cultura, Língua Persa e Viagens.

 Organizar os temas das postagens em um cronograma mensal, mínimo de 3 posts por semana: 
Esta é uma meta que venho tentado por em prática desde o início do blog, e quase consegui durante um tempo. A ideia é fixar os assuntos em um dia específico do mês e deixar as postagens agendadas quando não houver possibilidade de atualizar o blog.  

 "Aulinha de persa" uma vez por mês:
Embora não sejam um conteúdo de ensino formal, as "aulinhas de persa" do blog tem servido de incentivo para  muitos leitores que desejam iniciar o estudo da língua oficial do Irã. Por isso, pretendo dar continuidade e indicar as fontes na internet, atendendo a pedidos postar o mínimo de uma aulinha por mês. 

 Filmes do "Cinema Iraniano", toda primeira sexta-feira do mês: 
 Este ano fiquei em dívida com esta seção, uma das mais amadas do blog! Vou fazer todo o possível para cumprir a meta de um filme por mês. E também pretendo fazer posts especiais apresentando os atores e diretores mais amados do Irã. 

 Guest posts com "Relatos de Viagem ao Irã": 
A ideia é convidar outros leitores que queiram enviar seus relatos, fotos e/ou vídeos de viagem ao Irã, para criarmos uma galeria  de experiências aqui no blog!   

 Rádio virtual "Vozes da Pérsia"
Este projeto, que já está em andamento, consiste em criar um outro blog apenas para divulgar a música do Irã. Haverá música tradicional, folclórica, pop atual e pop nostalgia! 

 Loja virtual "Flor Azul da Pérsia": 
 Este ano também estou tentando iniciar meu lado empreendedora. Inicialmente a ideia é vender alguns produtos importados do Irã e trabalhos artísticos personalizados. 

 Conteúdo exclusivo para a Fan Page no Facebook:
Por ser a única página do Facebook em língua portuguesa dedicada exclusivamente a cultura do Irã, o Chá de Lima da Pérsia terá seu próprio conteúdo especial e inédito.

 Canal no Youtube: 
Como eu sou uma pessoa tímida em último grau, não me sinto à vontade para gravar depoimentos em vídeos rsrs...  Mas pretendo criar um conteúdo especial, didático em vídeo para divulgar a cultura do Irã e quem sabe futuramente, algum conteúdo sobre a língua persa... 

E então amigos, vocês tem mais sugestões? Estou aguardando nos comentários!
Um Ano Novo pleno de harmonia e realizações para todos!  


Feliz Natal, Amigos da Pérsia!

Salam queridos amigos! Vim aqui para desejar a todos um FELIZ NATAL e agradecer pelo carinho e amizade que sempre recebo dos leitores deste blog! Quero que saibam que considero a todos vocês como parte de uma família muito especial que tem como laço de união o amor pela cultura do nosso querido Irã. 
E para comemorar em grande estilo deixo com vocês um maravilhoso dueto musical com o astro da música pop iraniana Ebi e a grande cantora israelita Liel Kolet com a canção I Can Hear the Christmas. Que independente de nossas crenças, possamos sempre celebrar a paz, o amor e a união entre todos os povos do mundo!



       Feliz Natal!!      
    !عید کریسمس مبارک     


Omid - Tekieh Gah

Salam amigos! Faz tempo que não compartilho música aqui no blog né? Então para matarmos a saudade, com vocês, um cantor que considero uma das mais belas vozes persas: Omid Soltani, interpretando a canção pop nostalgia Tekieh Gah (o nome da música é uma expressão persa que significa "alguém ou algo em quem se apoiar"). 


sareto bezar ru shuneham khabet begire
bezar ta aroom dele bitabed begire
behem nagu az ma gozashte dige dire
hata man az shenidanesh geryam migire
geryam migire

bezar ru sinam sareto
cheshmaye khisso taneto
bezar ta sir negaht konam
buh bekesham pirhaneto
baghal kono bechasb behem
bekesh dobare dast behem
jos to kassiro nadaram
nazdiktar az Nafas behem

sareto bezar ru shuneham khabet begire
bezar ta  aroom 
dele bitabed begire
behem nagu az ma gozashte dige dire
hata man az shenidanesh geryam migire

vaghte cheshat khabesh miad
adam ghamash yadesh miad
ye halati to cheshmate
ke eshgh khodesh bahash miad
vaghte cheshat khabesh miad
adam ghamash yadesh miad
ye halati to cheshmate
ke eshgh khodesh bahash miad

sareto bezar ru shuneham khabet begire
bezar ta aroom dele bitabed begire
behem nagu az ma gozashte dige dire
hata man az shenidanesh geryam migire



Um poema de Foroughi Bastami

Mirzā Abbās Bastāmi (1798-1857) conhecido como  Foroughi Bastami, foi um poeta persa que viveu durante a era  Qajar. Ele nasceu em Karbala (atual Iraque), enquanto sua família estava em viagem por essa cidade.  Por ter vivido durante um período na cidade de Bastām ele ficou conhecido como Bastāmi. Também trabalhou para Shojā-o-soltān e escolheu seu nome poético Foroughi em homenagem ao filho de seu patrono. (Fonte: Anwers.com)
A belíssima caligrafia abaixo foi enviada por um querido amigo iraniano que me explicou que este é um poema místico no qual Bastami descreve uma alegoria do amor divino, no qual ele vê a Deus como "o Amado". A tradução foi feita livremente por mim a partir do inglês: 

Poema de Foroughi, em caligrafia persa estilo Nastaliq
A melhor hora para mim é quando  vejo a face do meu Amado
Eu amo o aroma e o caminho do meu Amado...
Nada me dá mais felicidade do que a tristeza do amor...
Eu não quero e não me basta o paraíso sem o meu Amado...
                                                                       Foroughi Bastami


Planejando sua viagem para o Irã

Mapa do Irã
Salam amigos! Neste post são respondidas várias perguntas para quem está planejando viajar para o Irã  pela primeira vez e ainda está em dúvida de como se preparar: 

Quando viajar?
Se você não quer pegar muito frio nem muito calor, a época mais recomendável é entre 1º de Abril e meados de Maio, ou durante o outono (Setembro e Outubro). Durante o verão a temperatura varia entre 30 a 40°C em diferentes lugares. Durante o inverno a temperatura chega perto dos 5°C durante o dia e pode chegar abaixo de 0 à noite. Mas esta é apenas uma média, porque enquanto na capital Teerã durante o mês de janeiro fica abaixo de 0, nas praias da Ilha Kish a temperatura chega a agradáveis 30 graus, e se torna o principal destino turístico para os iranianos que querem fugir do frio.

Que época é pior para viajar?
Nowruz: o Ano Novo Iraniano (geralmente entre 20 de Março e 1º de Abril). Lembre-se que o feriado de Ano Novo no Irã dura 13 dias, então durante este período, aumenta a quantidade de voos domésticos no Irã, o que significa que fica mais difícil para os turistas conseguirem vagas em hotéis e mesmo que consigam os preços sobem muito! Durante esta época, a maioria dos bazares, escritórios e museus fecha, embora muitos pontos turísticos permaneçam abertos para visitação pública. De qualquer forma, durante este período, também é mais difícil encontrar passagens aereas, portanto o mais recomendável é evitar!

Que outra época devo evitar?
Ramazan: Este é o mês islâmico do jejum sagrado que varia a cada ano, por ser baseado no calendário islâmico (que é lunar). Durante este período, comer, beber e fumar em publico é proibido. Então, se você precisa comer, deve ir para o restaurante do hotel ou para alguns dos poucos restaurantes que trabalham nesta época.

Ponte Si-o-Seh, Isfahan 
Quanto devo gastar em média no Irã?
O Irã ainda é um dos países mais baratos do mundo para os turistas. Você pode aproveitar muito a viagem com menos dinheiro do que imagina. Portanto, se você escolher viajar independentemente, ao invés de optar por um pacote turístico, você pode calcular da seguinte forma:

- Hospedagem: hospedarias ou até mesmo um hotel 2 estrelas, com um bom serviço e banheiro privativo devem custar em média R$ 20 a 40 por pessoa, de acordo com a estação e o local. Para quem prefere um pouco mais de luxo e conforto, as diárias para uma pessoa variam de R$ 130 em um hotel 3 estrelas, R$ 180 em um 4 estrelas e chegam a R$ 360 em um hotel 5 estrelas. No entanto, os preços variam bastante de acordo com a temporada e os locais. 

- Refeições: se você for comer somente em restaurantes mais simples irá gastar em média de R$ 7,00 por refeição. Em restaurantes um pouco mais sofisticados, o valor por refeição varia de R$ 10 a 18. Se você tiver a oportunidade de ir a um mercado e comprar seus próprios alimentos para cozinhar, seus custos serão muito menores. 

- Transporte: Passagens de ônibus realmente são muito baratas e a qualidade do serviço é muito boa. Por exemplo, uma viagem de Teerã a Isfahan, cuja distância é aproximadamente  500kms , custa em média de R$ 8 a 15. Passagens aéreas também são incrivelmente baratas, o mesmo trajeto de Teerã a Isfahan, custa em torno de R$ 70. Se você precisar de táxi dentro das cidades, deve carregar algumas notas de  500 rials, um trajeto de 6,5km custa em média 50 a 70 centavos, que equivale de 5000 a 8000 rials.  Se você preferir contratar um motorista particular, deve gastar em média de R$ 150 a 200 por dia, dependendo do serviço cobrado.

Turista em Pasargada, província de Fars 
- Entradas em museus e locais turísticos: a maioria das entradas são grátis, mas nos locais onde são pagas, custam em torno de 1 a 2 reais, (10000 a 20000 rials). Há alguns lugares que custam um pouco mais, por exemplo o complexo palaciano de Saad Abad em Teerã, cuja entrada custa em média R$ 12-15, além de Pesépolis, local histórico próximo a Shiraz, que custa entre R$ 7-15 reais, de acordo com o número de espaços que  você irá visitar dentro do local.

- Guias turísticos: se você precisar de um guia local, talvez deva gastar em média de R$ 25 a 50 por dia.  

- Presentes e souvenirs: um pequeno objeto de  artesanato deve custar em torno de R$ 25 a 80. Um dos souvenirs mais desejados, como um legítimo tapete persa de seda, tamanho médio, custa em torno de R$1200.

- Cartões de Crédito: Atenção! Cartão de crédito para turistas é uma opção totalmente inviável. Um dos grandes inconvenientes é que você precisará carregar dinheiro vivo por toda a viagem. Você deve levar em dólares ou euros e trocar nas casas de câmbio e bancos por rials iranianos. Como a moeda é extremamente desvalorizada, se você trocar U$S 50,00 já estará milionário no Irã! Consulte um conversor de moedas para saber a cotação atualizada. 

- Como os turistas são tratados no Irã?
Não tenha vergonha de interagir com as pessoas no Irã. Os iranianos em geral são bastante comunicativos, especialmente os mais jovens adoram conhecer pessoas de outros países. Você terá chances de fazer amizades em qualquer lugar. Os iranianos adoram convidar os estrangeiros para visitar suas casas, o que significa uma oportunidade para experimentar uma maravilhosa comida caseira ou até mesmo passar a noite.  Recusar um convite pode ser grosseiro, a menos que você realmente não esteja se sentindo a vontade com a pessoa ou por alguma outra razão não pode aceitar, não diga não para um iraniano!


- Que tipo de roupa devo levar? 
Para os homens, camisetas, calças compridas e camisas sociais são boas opções. Já as mulheres obrigatoriamente  devem cobrir os cabelos com um lenço ou echarpe. As roupas também devem cobrir o corpo, como calças compridas, saias longas e batas ou camisão de mangas compridas (veja mais dicas no post Viajar para o Irã: O que as Mulheres devem saber).

Outras sugestões: 
1- Traga um ou dois conjuntos de roupas na mala e depois compre roupas novas nas lojas locais. O traje feminino mais comum no Irã é o manteau que pode ser encontrado em vários modelos e cores por um preço médio de R$ 25 a 70.
2- Se você vai viajar no inverno ou outono, você precisará trazer roupas apropriadas. As mulheres podem usar botas, sobretudos e echarpes de lã. Mas se você quiser, também poderá comprar roupas de inverno de boa qualidade no Irã.
3- Os calçados podem ser tênis,  botas, sapatos e sandálias, de acordo com o tipo de atividade e locais que você escolher visitar. Para caminhadas nos vilarejos e sítios arqueológicos, um par de tênis ou botas confortáveis são a melhor opção. 



Bem, essas são algumas das estimativas atuais, mas muitas das informações contidas aqui podem mudar ou variar de acordo com a temporada e ainda com o passar do tempo. Procure sempre informações atualizadas e na dúvida consulte agentes de viagem especializados. Safar bekheir! (Boa viagem!) 

Confira mais dicas importantes de viagem nos posts: 

Adaptado de  Iran Travelling Center