HOME SOBRE DIÁRIO DE VIAGEM LÍNGUA PERSA SEU GUIA FAQ CONTATO LOJINHA

Cinema Iraniano: Shirin

FILME DO MÊS: Um romance histórico invisível ao espectador é contado através dos olhares e expressões faciais de 114 atrizes iranianas e uma francesa


Em 2008, Abbas Kiarostami dirigiu o filme Shirin, considerado pelos críticos como a mais notável virada  na carreira artística do diretor. Esse surpreendente experimento cinematográfico mostra close-ups de 114 notáveis ​​atrizes iranianas e a estrela francesa  Juliette Binoche. Em uma sala de cinema, as mulheres assistem a um filme baseado no romance mitológico de Khosrow e Shirin que permanece invisível para os espectadores. A história que trata do tema do auto-sacrifício feminino em nome do amor é lida em tom dramático por um elenco de narradores liderados por Manoucher Esmaieli e  acompanhada de uma trilha sonora histórica por Morteza Hananeh e Hossein Dehlavi, e é toda contada pelos belos e intensos rostos das mulheres. O resultado é uma exploração convincente da relação entre imagem, som e do envolvimento emocional do público com a história.
Segundo alguns relatos, as atrizes foram filmadas individualmente na sala, com o diretor  Kiarostami pedindo-lhes para lançar seu olhar em uma série de  simples pontos acima da câmera. O diretor afirmou ainda que durante as filmagens, ele não tinha ideia do que elas estavam assistindo e escolheu o mito Khosrow e Shirin somente após o término das filmagens. 
A breve aparição de Juliette Binoche no filme veio como o resultado de seu papel em um outro projeto de Kiarostami (Cópia Fiel, 2010). O elenco inclui também as famosas Niki Karimi, Taraneh Alidoosti, Golshifteh Farahani e Leila Hatami.

Shirin (2008)
Irã, França| Drama | 92 min.| cor
Direção: Abbas Kiarostami
Título Original: Shirin 
Elenco: Mahnaz Afshar, Pegah Ahangarani, Taraneh Alidoosti, Zahra Amir Ebrahimi, Khatereh Asadi, Vishka Asayesh, Rana Azadivar, Pantea Bahram, Pouri Banai, Afsaneh Bayegan, Juliette Binoche, Sahar Dolatshahi, Setareh Eskandari, Golshifteh Farahani, Shaghayegh Farahani, Bita Farahi, Elsa Firouz Azar, Soraya Ghasemi, Fatemeh Gudarzi, Azita Hajian, Leila Hatami, Irene, Behnaz Jafari, Negar Javaherian, Falamak Jonidi, Niki Karimi, Mahtab Keramati, Hamideh Kheirabadi, Gohar Kheirandish, Niku Kheradmand, Sara Khoeniha, Baran Kosari, Fatemah Motamed-Aria, Shabnam Moghaddamy, Ladan Mostofi, Yekta Naser, Roya Nonahali, Zhale Olov, Rabe'e Oskooyi, Mahaya Petrossian, Leili Rashidi, Katayoun Riahi, Homeira Riazi, Elnaz Shakerdust, Hanieh Tavassoli, Roya Taymourian, Hedye Tehrani, Sahar Valadbeigi, Laya Zanganeh, Merila Zare'i, Niousha Zeighami

O link para este filme foi removido, desculpem o transtorno. 
Agradeço quem tiver sugestões para assistir online. 


4 comentários

  1. Salam, Jana Jan!

    sempre gostei muito de Juliette Binoche, eis que me lembro de "Insustentável leveza do ser", lembra-te desse filme?
    Muito bom o seu post.
    E amei sua visita ao meu Oásis, obrigada!
    Bause Kbir!
    Denise Bomfim @>-------

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salam Denise jan! Realmente, ela é uma atriz maravilhosa! Claro que lembro desse filme, assisti nos meus tempos de faculdade :)
      Shirin é legal também para quem quer conhecer o universo das divas iranianas! Entre elas Niki Karimi, Leila Hatami e Goshifteh Farahani...
      Mibusamet!

      Excluir
  2. gostaria que fossem postado mais filmes

    ResponderExcluir