HOME SOBRE DIÁRIO DE VIAGEM LÍNGUA PERSA SEU GUIA FAQ CONTATO LOJINHA

Cada vez mais Mulheres Ninjas no Irã!

Mulheres em uma escola de Ninjustu em Karaj
Há quase 2 anos eu postei aqui no blog um video que mostrava às mulheres ninjas em Teerã e curiosamente uma reportagem de uma famosa agência de notícias internacional alegava erroneamente que "mulheres iranianas estavam sendo treinadas como "ninjas assassinas"! Nem preciso dizer que a maioria das notícias que chegam para nós sobre o Irã, trazem uma visão disparatada daquele país e sua cultura acaba sendo ofuscada. Mas será que nós sabemos realmente do que as mulheres iranianas são capazes, positivamente falando? 
Para acabar de vez com os equívocos, vamos conhecer mais um pouco da popularidade da prática do ninjutsu entre mulheres no Irã: 
A primeira escola a ensinar esta arte marcial foi aberta por Akbar Faraji em 1989. Ela teve muitos problemas no início por ser uma figura desconhecida no mundo dos esportes no Irã. E apesar de sua origem japonesa, o ninjutsu ainda era encarado como um produto ocidental, mas atualmente ele ganhou terreno no Irã.
As estudantes  alegam que o esporte ensinado no Irã traz muitos dos conhecimentos dos ninjas japoneses, incluindo auto-defesa desarmada e também o uso de armas. Mas também focando no desenvolvimento do auto-controle, paciência e respeito. Além disso, outras artes marciais estão crescendo em popularidade entre as mulheres iranianas. Hoje em dia é possível encontrar escolas de Ninjutsu em 22 províncias do Irã, incluindo Teerã, Azerbaidjão Oriental e Ocidental, Mazandaran, Markazi, Khuzestan, Qom, Khorasan, Golestan, Loristan, Bushehr, Qazvin, Zanjan, Fars, Sistan and Baluchistan, Hamadan, Hormozgan e Gilan.
Fatima Muammar, uma instrutora desta arte marcial diz: “Esta atividade está se tornando cada vez mais popular entre as mulheres, porque ajuda no equilíbrio do corpo e da mente ”. Além disso: “No  ninjutsu, respeito e humildade são as mais importantes lições. Nossas estudantes aprendem a usar armas perigosas como arcos, espadas, nunchakus e shuriken. Mas a lição mais importante que elas aprendem é a compostura.”
Das aproximadamente 24.000 pessoas praticantes oficiais das classes oficiais de  ninjutsu no Irã, pelo menos 3000 são mulheres. E é esta minoria que tem chamado a atençao da mídia internacional. As artes marciais em geral são populares no Irã e atletas iranianos, incluindo mulheres, regularmente competem a nível internacional. Por exemplo, mulheres iranianas competiram pelo Taekwondo nos Jogos Olímpicos em 2008 e 2012.




(Baseado em artigo de Mansoureh Farahani para o site The Majalla Magazine)


3 comentários

  1. درود بر شما
    من داشتم درباره نگارگری ایرنی جستجو می کردم که به وبلاگ شما رسیدم. بسیار خوشبختم که به کشور من علاقه مند شده اید.
    دوست دارم با شما صحبت کنم. و نظرات شما رو درباره کشورم جویا شوم. به نظر از کشور برزیل هستید.
    به فارسی یا انگلیسی، مشتاق گفتگو با انسان با فرهنگی همچون شما هستم. این ایمیل من:
    saeed_kamlito@yahoo.com

    ResponderExcluir
  2. Shinobi, significa = aquele que tem paciência ou que sofre com resignação. Por causa do Cinema Ocidental o nome ninja Ficou mais conhecido, mas o ideograma é a escritura Shinobi. Que é a junção de outros ideogramas, formando o sentido :"aquele que entrega seu coração no caminho da espada". Nobre Arte, com noções muito fortes de respeito, Irmandade e Família!!!.

    ResponderExcluir
  3. Salam

    Sabe me dizer se existem escolas de jiu jitsu lá?

    ResponderExcluir