HOME SOBRE DIÁRIO DE VIAGEM LÍNGUA PERSA SEU GUIA FAQ CONTATO LOJINHA

Palácio de Golestan, novo Patrimônio da Humanidade


O magnífico Palácio de Golestan (em persa Kakheh Golestân, "Palácio do Jardim das Rosas") foi a sede do governo da família Qajar, que chegou ao poder em 1779 e fez de Teerã a capital do país. Sendo o mais antigo dos monumentos históricos em Teerã, o palácio pertence a um complexo de edifícios reais localizados no interior das muralhas de adobe da Arg-e Soltanati, cidadela histórica da capital iraniana construída durante o reinado do rei Safávida Tahmasp I (1524 a 1576).
Em 1865, o Palácio de Golestan foi reconstruído por Haji Abol-hasan Mimar Navai, alcançando a sua forma atual. Durante a era Pahlavi (1925-1979),  esse palácio passou a ser usado para recepções formais, já que Dinastia Pahlavi  tinha construído sua residência no complexo palaciano de Niavaran. 
Entre 1925 e 1945, uma grande parte dos edifícios do complexo  palaciano de Golestan foram destruídos por ordem de Reza Pahlavi, a fim de ceder espaço para o plano de urbanização da moderna Teerã. No lugar dos antigos edifícios foram erguidas modernas estruturas em estilo comercial, durante as décadas de 1950 e 1960. Por fim, o que permaneceu do Palácio de Golestan é resultado de cerca de 400 anos de construção, que  incorporou uma integração bem sucedida entre o artesanato persa de períodos anteriores e a arquitetura com influências ocidentais.
Atualmente, o Palácio de Golestan é administrado pela Organização do Patrimônio Cultural do Irã. Após a Revolução Islâmica de 1979,  tornou-se um museu histórico e arquitetônico e finalmente, em 23 de junho de 2013  a UNESCO incluiu na Lista de Patrimônios da Humanidade.

Algumas construções do Palácio de Golestan: 

Takhte Marmar: o  "Trono de Mármore"
Khalvate Karim Khan: salão da residência do soberano Karim Khan Zand
Shams ol-Emareh: o edifício mais deslumbrante do complexo, construído por Nasruddin Shah 
Tâlâr-e Salâm: Salão de Festas
Salão dos Espelhos: com estátua de cera do pintor Kamal-ol-Molk em primeiro plano
Emarat-e Badgir:  edifício das "torres de vento"
(Baseado em Wikipedia)

>> Assista o vídeo com mais detalhes do interior dos edifícios do Palácio de Golestan:


4 comentários

  1. Nossa estou boquiaberta aqui! Que paraíso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Karen! Agora pense que há vários como esse espalhados por Teerã e outras cidades do Irã!

      Excluir
  2. Janaina fale sobre a arquitetura persa antiga em Derbent. russia .........

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, ainda não tinha ouvido falar de Derbent. Muito obrigada pela dica! Vou pesquisar!

      Excluir