HOME SOBRE DIÁRIO DE VIAGEM LÍNGUA PERSA SEU GUIA FAQ CONTATO LOJINHA

Cinema Iraniano: Close-Up

FILME DO MÊS: A reencenação de uma história real tornando indecifráveis os limites entre ficção e realidade. Considerado um dos 50 filmes mais brilhantes de todos os tempos!


Hossain Sabzian é aparentemente um homem simples, amante do cinema e grande fã do diretor iraniano Mohsen Makhmalbaf (diretor de Gabbeh e O Caminho para Kandahar). Certo dia, Sabzian está em um ônibus lendo o romance O Ciclista, quando por acaso conhece a Sra. Ahankhah, que também é  fã desse filme. Em um ímpeto de ousadia, Sabzian diz a ela que ele é o próprio Makhmalbaf, o autor do livro e do filme. Ela fica surpresa ao constatar que um diretor de cinema famoso também usa o transporte público, mas Sabzian explica que esta é a forma como ele descobre seus personagens o para cinema e que a arte deve brotar da vida. Posando como Makhmalbaf, Sabzian visita a família Ahankhah várias vezes durante várias semanas. Ele alega que quer usar a casa  da família para seu próximo filme e os filhos como seus atores. Ele ainda consegue obter uma  grande quantia em dinheiro, usando o argumento que era a verba destinada para o filme. O Sr. Ahankhah tem suas suspeitas, especialmente quando descobre em uma  revista uma foto do diretor Makhmalbaf mais jovem. Finalmente o chefe da família ludibriada convida um amigo jornalista ambicioso (Hossain Farazmand) que confirma que Sabzian é realmente um impostor. Sabzian acaba sendo preso, e o diretor Abbas Kiarostami intercala essas cenas com o julgamento do "Falso Makhmalbaf" ao longo do filme, em uma sequencia que não se atem a ordem cronológica. O filme intercala cenas reais como uma recriação dos acontecimentos  onde não sabemos quando estamos assistindo aos fatos  ou as encenações.
Close-Up é baseado um caso real que ocorreu no norte de Teerã no ano de 1989. Kiarostami ouviu falar de Sabzian, após ler  um artigo na revista iraniana Sorush escrito pelo jornalista Hassan Farazmand. Kiarostami imediatamente suspendeu a gravação de um outro de filme que ele estava produzindo para fazer um documentário sobre Sabzian. Kiarostami  obteve uma permissão para filmar o julgamento de Sabzian, assim como da própria família  Ahankhah e do jornalista Farazmand que concordaram em participar no filme e atuar como eles próprios. Kiarostami também pediu para que o próprio diretor Mohsen Makhmalbaf viesse ajudar Sabzian a obter o perdão da família Ahankhah. Uma das cenas mais comoventes é o momento em que o verdadeiro Makhmalbaf abraça o farsante arrependido Sabzian e o leva de carona em sua própria motocicleta. Considerado pela crítica internacional como um dos 50 filmes mais brilhantes de todos os tempos, é sem dúvida um marco do cinema iraniano, imperdível!

Filme: Close-Up (1990)
Irã |Drama| 93 min.| cor
Direção:Abbas Kiarostami
Título Original: Nema-ye Nazdik 
Elenco: Mohsen Makhmalbaf, Abolfazl Ahankhah, Mehrdad Ahankhah, Monoochehr Ahankhah, Mahrokh Ahankhah, Nayer Mohseni Zonoozi, Ahmad Reza Moayed Mohseni, Hossain Farazmand, Hooshang Shamaei, Mohammad Ali Barrati

>> Legendado em espanhol



Adoce o chá com seu comentário!

Postar um comentário