HOME SOBRE DIÁRIO DE VIAGEM LÍNGUA PERSA SEU GUIA FAQ CONTATO LOJINHA

Convivência social e o vínculo com a religião no Irã

Famílias em um parque de Teerã
Devido a sua rica cultura e  história, os iranianos atuais herdaram vários costumes ancestrais nos quais a religião (zoroastrismo ou islamismo, de acordo com a época) sempre teve um lugar específico. A maioria destes costumes existem devido a uma mistura de tradições locais e religiosas. Compreender estes costumes é muito importante para quem tem contato com iranianos ou se interessa em algum dia visitar o Irã: 
  • A hospitalidade é uma característica marcante da cultura iraniana. A hospitalidade do povo iraniano é conhecida em todo o mundo. Os iranianos acreditam que o hóspede é "amigo de Deus" e  por isso deve ser tratados com muito respeito.
  • Respeitar o idoso é outra característica importante da cultura iraniana. Em lugares públicos, como metrô e ônibus, os jovens sempre devem dar seus lugares aos idosos. As crianças também devem respeitar seus pais e sentar-se educadamente na frente deles. Além disso, depois do casamento devem sempre visitar os seus pais.
  • Cumprimentar os outros é costumeiro entre os iranianos. Desde a infância, os pais ensinam os seus filhos a sempre cumprimentar os idosos.
  •  Os iranianos também aprendem a respeitar os mortos, em especial os mártires, e rogar por seu perdão através de visita a seus túmulos às quintas-feiras. Eles também  comemoram os aniversários de nascimento e morte de figuras religiosas importantes. As cerimônias mais importantes são as datas de Ashura e Moharram, que são realizadas em todo o país para lamentar o martírio do Imam Hussein.
  • Na tradição xiita do Irã, os descendentes do profeta Mohamed têm um status específico. Eles são chamados de Seyyed e alguns deles usam turbantes verdes ou negros como sinal de ser um descendente do Profeta e seus imãs.Os mulahs (religiosos) e estudantes do Alcorão (moços de turbante), também são figuras respeitadas entre o povo.

Jovens estudantes da religião em Qom
  • Outro costume extremamente importante no Irã é ajudar os pobres e os órfãos, o que é também uma recomendação da religião. Além disso, quando acontecem desastres naturais como enchentes e terremotos, os iranianos prestam auxílio as vítimas o que também é um dever religioso e social.
  • Para os iranianos, os vizinhos são tão importantes e às vezes mais próximos do que parentes. No entanto, o estilo de vida moderno mais individualista, assim como o crescente número de pessoas que aderiram ao contato pelas redes sociais da internet tem afetado o convívio social entre vizinhos. 
  • Dar esmola é muito habitual no Irã. As pessoas dão esmolas todos os dias antes de iniciar as atividades diárias, pois acreditam que essa atitude pode evitar acidentes, aumentar o salário e prolongar a vida ... Eles também dão esmolas no início de cada mês e também quando viajam.
Família unida, viaja unida
    Viajar no Irã, também tem seus próprios rituais. Por exemplo, quando alguém vai viajar, ao sair de casa  beija o Alcorão e passa por baixo dele. Os iranianos acreditam que esse ato protege o passageiro dos perigos da viagem. Outro costume é aspergir água atrás do viajante, porque a água é o símbolo da pureza. Assim, o caminho fica purificado para que ele retorne rápido e com saúde. Ao retornar de uma viagem, os iranianos sempre trazem lembrancinhas para amigos e parentes.

    Mesmo não sendo muçulmano, é importante que o turista
    aprenda sobre os costumes tradicionais dos iranianos
    Por fim, para quem quer viajar para o Irã, além disso é necessário saber que:
    • Durante o Ramadã todas as lojas de fast- food e restaurantes permanecem fechados até o chamado para a oração da noite, mas entre as cidades, há restaurantes que ficam abertos para viajantes, turistas e aqueles que não estão em condições de jejuar.
    • A venda de bebidas alcoólicas é ilegal no Irã e não há nenhum local  público onde se encontrem estas bebidas a venda, mesmo para turistas.
    • Os iranianos tem muita reverência para com os seus santuários como as mesquitas e túmulos dos imams. Ao visitar esses lugares sagrados, lembre-se que é considerado desrespeitoso conversar alto ou fazer muito barulho. 
      Estes costumes culturais e religiosos são seguidos por grande parte da população iraniana que é em sua maioria de muçulmanos xiitas, mas vale lembrar que nem todos os iranianos  seguem à risca essas mesmas regras. Em outras oportunidades falarei mais sobre outras religiões que também compõem a sociedade iraniana. 

      Baseado em Iran Review


      6 comentários

      1. Salam, Jana Jan!

        Amei o texto. E sobre os costumes de lá, são os meus daqui também. Sobre cumprimentar alguém, às vezes chego a cumprimentar até os cachorros que ficam na rua...as plantas....rsrsrsrsrrs
        Sou bem comunicativa mesmo.
        Também tenho paixão pelos idosos e só acho que nossa Nação será grandiosa quando houver um real respeito aos mais velhos.

        Você tem Facebook? Eu não tenho, porém se vc puder compartilhar um texto que escrevi, ficarei contente:
        http://www.mesquitabrasil.com.br/noticia_completa.php?id=99A2D3CF41E490D4EA985D487109ADAB

        Um beijão!

        ResponderExcluir
        Respostas
        1. Salam azizam Denise! São muito lindas essas pequenas atitudes... aos pouquinhos vamos transformando o mundo em um lugar melhor... Realmente falta-nos muito em respeito aos idosos, infelizmente em nossa sociedade capitalista só é valorizado quem é produtivo, ágil e dinâmico... a paciência,a sabedoria de vida e o carinho pelo trabalho ficam em segundo plano.
          Pode deixar que vou divulgar o seu grandioso texto para meus amigos. Aliás, achei a mensagem contundente e direta. Alf mabruk!!
          Um bause kabir!

          Excluir
      2. سلام، وبسایت بسیار جالبی دارید

        ResponderExcluir
      3. Olá, Janaína! Gosto muito do seu blog! Sua postagens são realmente muito legais. Eu como filho de um iraniano gosto muito do conteúdo e me identifico muito. Se não for pedir muito, gostaria que dedicasse um post para falar da Fé Bahá'í, e como é a percepção dos iranianos quanto à nova fé. Um abraço fraterno!

        ResponderExcluir
        Respostas
        1. Este comentário foi removido pelo autor.

          Excluir
        2. Olá aos dois! Também gostaria e acho que seria agradavel se houvesse um post. Por último, obrigada pelo seu blog! Gosto muito! Saudações amorosas :D

          Excluir