HOME SOBRE DIÁRIO DE VIAGEM LÍNGUA PERSA SEU GUIA FAQ CONTATO LOJINHA

Governo extingue sinfônica do Irã

Infelizmente o jogo político que transforma o Irã em vilão e inimigo do ocidente prejudicando o desenvolvimento econômico do país, afeta principalmente a qualidade de vida do povo impedindo também que manifestem formas de arte que poderiam colocá-lo em diálogo com a cultura do ocidente. Eis que na última segunda-feira foi anunciado o fechamento da Orquestra Sinfônica do Irã, um fato lamentável, que esperamos um dia ser revertido.

Orquestra Sinfônica do Irã
Músicos da Orquestra Sinfônica do Irã disseram nesta segunda-feira, 29, à agência de notícias ILNA que foram comunicados da decisão do governo de acabar com o grupo. Segundo eles, salários não são pagos há três meses e os ensaios foram suspensos, sem previsão de reinício.
Não é a primeira crise pela qual passa a sinfônica, que havia voltado à ativa no ano passado, após dois anos de suspensão das atividades. Os artistas atribuem a decisão à falta de verbas provocada pela crise econômica, fruto, segundo eles, de decisões equivocadas do governo e do aprofundamento das sanções impostas pelo Ocidente por conta do programa nuclear do país.


9 comentários

  1. Menina, vim aqui só pra dizer que acabei de assistir um documentário sobre o Irã e na hora lembrei de você! É incrível como você se parece com iraniana! Você tem descendência iraniana?

    (Não pude, claro, deixar de ler o post sobre a orquestra sinfônica. É uma pena. Ainda mais para quem é músico, deve sofrer muito com essa decisão, espero que voltem atrás na decisão).

    beijossss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salam, querida Star! Estou curiosa agora, pode me passar o nome do documentário e onde encontrou? Eu não tenho nada de iraniana rsrs, mas meus amigos acham que eu pareço uma bandari do sul do Irã, ou a "gente do Golfo" como eles chamam...
      Sobre a orquestra, realmente espero que voltem, as vezes penso que o Ocidente não quer deixar o Irã crescer propositalmente, com medo que ele ofusque seus aliados no Oriente Médio...

      Um beijão !!

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Salam minha amiga do oriente!Apaguei o anterior pra corrigir! O nome é "Four Wives and One Husband, Polygamy in Iran, Documentary" não é nada pejorativo a respeito da poligamia, apenas mostra o estilo de vida em área rural, achei bem interessante. A moça que lembrou bastante você aparece bem no finalzinho do vídeo, ela aparece com um hijab cor de vinho a partir de 1:14:19, é bem jovem, os olhos e as sobrancelhas bem expressivos, e na hora me remeteu para essa sua foto.

      Sobre a orquestra, eu não tinha pensado nisso antes. Concordo com você!
      Beijos!!

      Excluir
  2. Salam, Jana Jan!
    Que absurdo quando a má política destrói cultura, vida, alegria.
    Espero que um dia o bom senso prevaleça! Insh´Allah!
    Estou sentindo falta de sua visita, quando puder, apareça para tomar um café com água de rosas...
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salam azizam Denise!
      Que bom ter sua presença sempre marcante por aqui!
      Este tipo de notícia também me entristece muito, mas assim como as coisas boas que gosto de divulgar sobre o Irã, acho necessário mostrar a realidade do país para que meus queridos leitores não pensem que eu esteja passando uma visão utópica e idealizada...
      Pode deixar que vou tomar um chá contigo em breve a sombra de uma romãzeira!!!
      Um grande bause!!!

      Excluir
  3. que notícia triste !!! Música traz alegria aos corações

    bjs

    ResponderExcluir
  4. O governo não tem dinheiro para investir na Orquestra Sinfônica, mas tem dinheiro para investir no programa nuclear?????
    Essas linhas, esclarecem tudo >>> Os artistas atribuem a decisão à falta de verbas provocada pela crise econômica, fruto, segundo eles, de decisões equivocadas do governo e do aprofundamento das sanções impostas pelo Ocidente por conta do programa nuclear do país.
    O ocidente não têm medo que o crescimento do Irã ofusque o crescimento de países aliados, afinal de contas as potências estão vendo somente a fonte da renda, seja em qual país for. Quem estuda um pouco de política, ou por acaso leu livros como Maquiavel, entende perfeitamente o que está acontecendo no Irã. E é muito lamentável, porque é uma terra de pessoas guerreiras, lutadoras, mereciam um maior comprometimento do governo para com suas necessidades básicas de existência, que inclui, também, incentivo cultural, que faltou na Orquestra. Eu espero que com o tempo isso mude. Os iranianos, não são pessoas sem instrução ou cultura, para aceitar por muito tempo decisões equivocadas por parte do governo, como cita o artigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada por contribuir com sua opinião, mas gostaria de esclarecer que também não acho que o único culpado pela crise iraniana seja o Ocidente, mas o jogo político que o governo do país vem traçado para se manter na "linha dura". Uma pena que os maiores prejudicados desse jogo insano seja principalmente o povo trabalhador que infelizmente vê o fruto de seus esforços frustrados e nos últimos anos está a ponto de querer deixar sua terra até que alguma mudança política venha trazer novos ares... Mas os iranianos que são portadores orgulhosos de sua cultura, dificilmente deixarão o Ocidente varrer sua maior herança...

      Excluir