HOME SOBRE DIÁRIO DE VIAGEM LÍNGUA PERSA SEU GUIA FAQ CONTATO LOJINHA

O Irã não vai ao Oscar, nem o Oscar para o Irã

Quando o assunto é polêmica envolvendo o Oriente Médio, a mídia ocidental sempre dá um jeitinho de colocar o Irã no meio. Por que será que agora que o cinema iraniano está recebendo o destaque que merece, surgem notícias deste tipo? 

Atual vencedor do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro com A Separação, o Irã decidiu boicotar a cerimônia da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas em 2013. O país retirou a candidatura Um Cubo de Açúcar, de Seyyed Reza Mir-Karimi, em protesto contra o polêmico Inocência dos Muçulmanos, que vem causando uma onda de violência em vários países islâmicos.
O ministro da cultura iraniano Mohammad Hosseini foi o responsável pelo anúncio do boicote. Ele pediu ainda que outras nações façam o mesmo e criticou os Estados Unidos por não tomarem nenhuma atitude contra o filme.
Curiosamente, a relação entre Irã e Estados Unidos está presente em um dos longas cotados para o Oscar 2013: Argo, de Ben Affleck.
Fonte: Adoro Cinema

No entanto não é a primeira vez que os iranianos decidem boicotar um evento importante de cinema por causa de ofensas a religião islâmica. No ano de 2005, o cineasta Majid Majidi se recusou a participar de um festival de cinema na Dinamarca em protesto contra a publicação das caricaturas satirizando o profeta Maomé em um jornal do país.  

>> Veja cenas de "Um cubo de Açúcar" de Reza Mir-Karimi, o filme iraniano que se candidataria ao Oscar de 2013.


2 comentários

  1. Salam, alma iraniana!

    muito interessante.
    Um Bauce!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salam, alma oriental!
      Eu fiquei muito curiosa pra assistir esse filme, parece tão lindo... uma pena que sem a badalação do Oscar talvez ele não tenha muita divulgação por aqui.

      Mibusamet!

      Excluir