HOME SOBRE DIÁRIO DE VIAGEM LÍNGUA PERSA SEU GUIA FAQ CONTATO LOJINHA

O astro que é Andy Madadian

Andy (Andranik Madadian), é um dos maiores representantes do pop iraniano da atualidade. De família armênia, ele nasceu em Teerã e cresceu em um bairro humilde chamado Majidiyeh. Com quatro irmãos e duas irmãs, sua casa estava sempre lotada e havia sempre alguma coisa acontecendo, desde muito cedo, Andy sempre teve a certeza de que iria se tornar um grande artista. Conheça um pouco da história deste ator, cantor, músico, produtor enfim, um artista completo em uma entrevista concedida para Shabnan Rezaei do site Persian Mirror.

Andy Madadian
A entrevista não tem data mas acredito que seja de 2005, ano em que foi lançado o filme "O Guardião: A lenda de Omar Khayyam" no qual ele atuou no papel do governador de Nishapour.

PersianMirror: Conte-nos sobre a sua infância.

Andy: Eu era uma criança muito feliz e um ótimo estudante. Meu pai trabalhava na construção de estradas e por isso, ele se mudava com frequência para diferentes vilarejos. Passei um verão em Kermanshah e por causa de todas essas mudanças desenvolvi um verdadeiro amor pela essência das pessoas. Apesar de a minha família ser armênia, nunca fui à igreja, mas respeito todas as religiões. Quando eu tinha 9 anos, fizemos minha primeira peça de teatro. Vendemos os ingressos para as crianças do bairro, entregando um mini-trailer da história no local. Teve luta com espadas e até chamadas de cortina. Nós fomos muito profissionais e foi muito divertido. No ensino médio, entrei em um banda e comecei a tocar guitarra. Eu odiava a música iraniana e gostava realmente de músicas em inglês, como Rod Stewart, Pink Floyd, e qualquer rock que representasse rebelião e mudança.

PM: Como você começou a trabalhar com música profissionalmente?

Andy: Eu era um adolescente muito ativo e ia muito bem na escola. Fui jogar futebol profissionalmente na Escócia, com a 4 ª divisão do time Ararat, quando tinha 16 anos. Também me apresentei para o Xá e todos os seus dignitários uma vez. Eu nem ligava para quem ele era. Conheci a Rainha e Malek Hossein em Kish e fui retratado como a juventude do Irã. Então, finalmente fui para os EUA  em 1978 na época de Ação de Graças. Entrei na Cal State de Los Angeles (onde vive atualmente) para estudar música. Então me ofereceram uma turnê com uma banda americana, fazendo um tributo a Bette Midler. Eventualmente eu comecei a tocar com cantores persas. É quando Kouros* e eu gravamos a primeira música  que se tornou um grande sucesso. Eu acho que tocamos em 26 casamentos judaicos em um mês que deve ter sido de Junho.
* Andy & Kouros formaram uma dupla até 1991

PM: O que você está fazendo agora?

Andy: Estou trabalhando em um novo álbum* provavelmente vamos lançá-lo em setembro. Ele contará com duetos com artistas árabes e armênios e irá se concentrar em um público mais internacional. Eu também trabalhei em diferentes filmes, incluindo a "Casa de Areia e Névoa" (indicado ao Oscar em 2003). Também terminei um grande projeto chamado "O Guardião", o filme sobre Omar Khayyam.
* O álbum é Airport que foi lançado em 2007, com a participação de Khaled e Hakim.


Andy & Kouros (anos 80)
PM: Conte-nos sobre '' O Guardião".

Andy: No filme, eu faço o papel do Governador de Nishapour (Ali Ben Sabbah). Ele é pai de Hassan e tem um papel fundamental no filme, foi ele quem criou Khayyam e é realmente a sua figura paterna. Ele ensina-lhe sobre a vida e como lutar por aquilo que se acredita. Minha companheira Shani também teve sua contribuição no filme com uma música.

PM: Parece um papel difícil. Como você gosta de atuar e como manteve o seu sorriso como o governador de Nishapur?

Andy: Ele exigiu muito de mim. Atuar é muito mais difícil do que se imagina. Para mim é difícil ficar com raiva ou triste. Você sabe, eu sou um cara feliz e gosto de rir, por isso foi difícil apresentar uma figura rigorosa e austera no filme. Eu gostei muito dele e embora  esteja muito orgulhoso do meu papel no filme, eu sou um cara feliz.

PM: Eu ouvi dizer que você ama cães e tem um casal. Quais são os seus nomes?

Andy: Eu adoro. Eu tenho duas cadelas maltesas, chamadas Lilly e Sophie e também um Pastor Alemão chamado Isabella. Tenho que ir para casa para alimentá-los agora. (Grande sorriso)

Para saber mais sobre Andy, visite seu website em www.andymusic.com .
Para saber sobre o  filme'' O Guardião":  www.greatomar.com


2 comentários

  1. Salam, Jana Jan! Saudades de você! Tudo bom?

    Amei conhecer o artista e já estou à espera do filme sobre Omar Khayyam. Será que vai passar por aqui?
    Interessante ele gravar com Khaled e Hakim. Gosto quando há esse intercâmbio.
    E sobre ele ter um pastor-alemão, claro! ele fez uma ótima escolha, tenho um lindo também, você já viu a foto do meu baby-cachorro?

    Ontem estive no Jardim Botâncio do Rio e, há fotos para você apreciar. Pensei em Isfahan lá...

    Bauce :)

    ResponderExcluir
  2. Salam Denise jan! Este filme saiu em 2005, mas ainda não ouvi falar que tenha passado por aqui. Mas pelo trailer achei incrível, parece que foi gravado no Uzbeskistão nas cidades de Samarkand e Bukhara. Tem outra música dele com o cantor libanês Ragheb Alama que se chama "Yalla ya shabab"...
    Adoro entrevistas com artistas, é sempre legal conhecer a vida deles fora dos palcos.
    Fiquei encantada com suas fotos, já comentei lá no seu blog!

    Mibusamet :)

    ResponderExcluir