HOME SOBRE DIÁRIO DE VIAGEM LÍNGUA PERSA SEU GUIA FAQ CONTATO LOJINHA

As cores e os estilos dos povos Bandari

Mulheres bandaris da província de Hormozagan 
Uma das formas mais interessantes de compreender as diferenças culturais é ver como se vestem as pessoas das diferentes etnias que habitam os países. Em um dos posts anteriores, foram mostradas alguns dos estilos de roupas de diversas etnias do Irã. Mas gostaria de salientar que estas foram apenas uma amostra da grande diversidade étnica dos povos que habitam este país, portanto há muito para se falar de cada etnia, por isso algumas sempre acabam ficando de fora. E uma das etnias que ficaram faltando, mas merecem um grande destaque são os bandaris ("gente do porto"), ou seja, os árabes persianizados que habitam a costa Sul do Irã nas províncias de Hormozagan, Bushehr e Khuzestan .
Particularmente a província de Hormozagan que é constituída de uma parte continental e outra parte por várias ilhas ao largo da costa cuja maior delas se chama Qeshm e sua localização geográfica está mais próxima dos países árabes do Golfo como Omã, Emirados Árabes, Arábia Saudita e Bahrain. Por isso os povos desta região são extremamente  miscigenados, sendo a maioria  uma mistura de árabes, africanos, persas, Baluchis, Baktiaris, indianos, e provavelmente muito mais... Sim, também existem iranianos negros  e com cara de indianos de verdade! A cultura desta província tem mais em comum com o estilo  khaleeji do que com o resto do Irã e esses povos falam um dialeto persa  misturado com o árabe, somali, Balooch, persa e Bakhtiari.



Tanto os homens  quanto as mulheres usam trajes  muito semelhantes aos que são usados tradicionalmente nos Emirados Árabes e Omã. As vestimentas femininas variam ligeiramente, dependendo de onde se encontram na província de Hormozagan. Em algumas regiões elas usam um vestido longo com chador estampado com cores geralmente fortes e luminosas cobrindo todo o corpo, em outros lugares elas usam  uma espécie de  shalwar kameez (calças largas bordadas e túnica semelhante ao estilo paquistanês) e um chador  semelhante ao das mulheres do Sudão. Algumas mulheres também usam o niqab semelhante ao estilo mais moderno do Golfo ou apenas um  pano cobrindo o rosto.
Uma vestimenta tradicional bandari com  niqab
Diferentes estilos de máscaras ou bandari burqas

Na ilha de Qeshm as mulheres cobrem o rosto com uma característica máscara dourada (que é denominada bandari burqa), que é semelhante aos estilos usados ​​tradicionalmente nos países árabes do Golfo. Nesta ilha, as meninas começam a usar a burqa na puberdade. Em outras partes da província de Hormozagan as mulheres usam uma máscara muito grossa, com cores fortes e desenhos bordados em vez da burqa dourada. O traje dos homens em Hormozagan  é quase idêntico ao que é usado pelos homens nos Emirados Árabes Unidos e Omã, geralmente thobe (túnica comprida) com um lenço shmagh cobrindo a cabeça. As crianças usam trajes semelhantes aos dos adultos, mas as meninas não usam a burca ou chador, mas delicados lenços com detalhes dourados e coloridos semelhante ao traje tradicional das meninas dos outros países do Golfo.

Meninas bandari

Baseado no blog Old School Hejabi


2 comentários

  1. Salam, alma iraniana!

    Gosto muito dessas etnias do Golfo, identifico-me com as roupas (alma Khaleeji), dê uma olhadinha nas minhas túnicas (no link Túnicas à esquerda do meu blog), você verá que gosto de estampas, porém muitos muçulmanos não gostam de estampas....
    Ouço bastante música khaleeji também. À propósito, você já ouviu música sufi iraniana, é belíssima!

    Um Bauce, sem esquecer do sorvete de água de rosas.

    ResponderExcluir
  2. Salam Denise jan, querida alma khaleeji!
    Adorei as túnicas em seu blog, também sou apaixonada por estampas! Sou uma adepta das túnicas indianas e calças shalwar! E a túnica iraniana que eu ganhei também é muito confortável. Apesar de os muçulmanos mais tradicionais preferirem as mais discretas, os estilos étnicos estão repletos de cores, bordados e estampas.
    Também adoro a música khaleeji, especialmente do Yemen e Arábia Saudita. Aqui no blog também há uma música do Shahram Nazeri que é sufi iraniana.
    http://azizamiran.blogspot.com.br/2012/01/shahram-nazeri-sheyda-shodam.html

    Um bause com água de rosas! :D

    ResponderExcluir