HOME SOBRE DIÁRIO DE VIAGEM LÍNGUA PERSA SEU GUIA FAQ CONTATO LOJINHA

O que é Faravahar?

Faravahar nas Ruinas de Persépolis
O Faravahar é um dos símbolos mais conhecidos do Zoroastrismo, a religião oficial do Irã antigo. Este símbolo religioso-cultural foi adaptado pela dinastia Pahlavi para representar a nação iraniana.
O significado atribuido a ele é a representação de um Fravashi , ou seja, uma espécie de entidade divina protetora, como um anjo da guarda. O símbolo que aparece pela primeira vez em inscrições reais da antiga Pérsia., também é considerado como representação do mandato divino que era o fundamento da autoridade de um rei. No entanto, não há descrição física dos Fravashis no Avesta, os textos sagrados do zoroastrismo, e nas escrituras estas entidades são gramaticalmente femininas.
No zoroastrismo atual, o Faravahar é interpretado como o sentido da vida, que consiste em viver de tal forma que a alma progrida para a frasho-kereti, ou união com Ahura Mazda , a divindade suprema do Zoroastrismo.
1 A figura humana representa um ancião, que simboliza a sabedoria da idade. 

2. As duas asas em ambos os lados, têm três penas maiores que indicam "bons pensamentos, "boas palavras" e "boas obras". 

3. A parte inferior do Faravahar consiste em três partes, representando "maus pensamentos", " más palavras" e "más ações ", que são a causa da miséria e infelicidade para os seres humanos. 

4. As duas curvas em ambos os lados da cauda do Faravahar, representam as forças positivas e forças negativas. A primeiro é dirigida para a face e indica que temos de avançar na direção do bem; a segunda localizada na parte de trás indica literalmente "dar as costas para o mal".

5. O anel no centro simboliza a eternidade do universo ou a natureza eterna da alma. Como um círculo, não tem começo nem fim.

6. Uma das mãos do ancião aponta para frente, indicando que há apenas uma direção para escolher na vida e "que é adiante". A outra mão segura um anel e alguns intérpretes consideram que assim como o anel de aliança de casamento, representa lealdade e fidelidade, que é a base da filosofia zoroastriana.
Mesmo após a conquista islâmica da Pérsia, o Zoroastrismo continuou a ser parte da cultura iraniana  nas festividades como o Ano Novo persa ou Nowruz, o "Festival de Outono" ou Mehregan e o "Festival do Fogo" ou Chaharshanbe Suri que são remanescentes destas tradições. Desde o início do século 20, o ícone Farvahar encontra-se em locais públicos e se tornou um símbolo conhecido entre todos os iranianos. Até mesmo o túmulo do poeta Ferdowsi, célebre autor do épico Shahnameh,  também contém o ícone Faravahar.
Após a Revolução Islâmica de 1979, o Leão e o Sol que faziam parte da bandeira original do Irã foram proibidos,  no entanto, os ícones Faravahar não foram removidos dos locais públicos. Hoje em dia é possível ver muitos iranianos  ao redor do mundo ostentando acessórios com o Faravahar como pingentes, camisetas, bonés e até mesmo tatuagens, embora seja usado como um símbolo nacional, em vez de um ícone religioso, apesar de não ignorarem suas raízes zoroastrianas.

Pingente de Faravahar 

Baseado em Iransara e Wikipedia.


12 comentários

  1. Excelente blog Janaina! Tu sabes onde posso comprar um pingente com Faravahar? Sigo o Zoroastrismo há um tempo mas não encontro nada no Brasil, tentei mandar fazer um pingente por um ourives mas nenhum aceita o pedido.

    Valeu!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gilson, muito obrigada por seu comentário. Infelizmente também não sei onde encontrar estes pingentes por aqui, este da foto eu ganhei de minha amiga iraniana que trouxe direto de Shiraz. Curioso, como é seguir a religião Zoroastriana aqui no Brasil? Existe algum templo e em que cidade? Por favor sinta-se bem-vindo a compartilhar informações também!
      Abraços!

      Excluir
    2. Olá Gilson! Se ainda está interessado, temos ele disponível no nosso site!
      http://www.inspirartz.com.br/produto.php?cod_produto=3225756

      Excluir
    3. Janaina em Goiãnia tem a comunidade Asha, no RS onde moro não tenho notícia da existência de algum templo, é difícil encontrar seguidores mesmo em comunidades, felizmente os Gathas foram traduzidos para nosso idioma e isso ajuda muito, o Avesta creio que não há em português ainda.

      Facundo, vou dar uma olhada no site e com certeza comprarei!

      Obrigado pela atenção.

      Excluir
  2. Que legal! sou casada com iraniano, moro em Londres, e ganhei um pingente desses, nao sabia o significado direito dele.
    Adorei encontrar esse blog!!
    Temos poucas coisas em portugues sobre o Iran... uma cultura tao diferente da nossa neh =P

    Li

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Li, realmente fico muito feliz com seu comentário!!
      Esse foi justamente o motivo pelo qual criei este blog, pela falta de informações em português sobre o Irã... espero estar cumprindo bem esta missão! E eu sou apaixonada pelo meu pingentinho também...
      Beijos para Londres!!!

      Excluir
  3. Obrigada querida! Suas informacoes sao otimas!!
    Qdo eu comento que sou casada com iraniano as pessoas pensam q eu "virei" (forcadamente) mulcumana e q vivo uma vida de horrores e de baixo de um veu hehehehe

    mas eles sao EXECELENTES pessoas, aqui em londres conheco gente de tudo q eh canto do mundo, nao nao existe POVO mais receptivo e amoroso doq iranianos!

    Li

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. escrevi a palavra errado soh rpa corrigir: "Excelentes" =D

    ResponderExcluir
  5. Belo post! Você já deve estar cansada de ler isso, mas que blog excelente você mantem!! ^_^ hehehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada! Não fico cansada de ler isso não! Cada vez que alguém diz que gosta do blog eu tenho mais vontade de continuá-lo.
      Abraços!

      Excluir
    2. Parabéns, é sensacional! Estou fascinado pela cultura iraniana e graças ao Chá-de-Lima minha admiração a este país só fez aumentar, junto com a minha vontade de vistá-lo! Abraços

      Excluir
  6. que legal ! namoro um iraniano e quero cada vez mais descobrir suas raízes ! muito legal o blog ! Parabéns !

    ResponderExcluir