HOME SOBRE DIÁRIO DE VIAGEM LÍNGUA PERSA SEU GUIA FAQ CONTATO LOJINHA

Shadi Ghadirian: Mulheres entre a Tradição e a Modernidade

Shadi Ghadirian, Miss Butterfly#1/2011 
Shadi Ghadirian é uma artista contemporânea que faz questão de revelar ao mundo as múltiplas facetas da sociedade onde vive. Nascida em 1974 em Teerã, estudou fotografia na Universidade Azad e após sua graduação, começou a carreira profissional como fotógrafa e os temas de suas duas primeiras séries envolvem os contrastes e contradições do universo feminino no Irã atual.
A série "Qajar"(1998-2001) que esteve presente aqui no Brasil na exposição "Miragens" no CCBB-RJ e no Instituto Tomie Ohtake em SP (2011) é constituída por retratos de estúdio de mulheres trajadas no estilo Qajar do século XIX. O cenário foi pintado pela própria artista com base em fotografias antigas e as mulheres fotografadas são amigas e parentes de Ghadirian. No entanto a estes, são adicionados alguns objetos modernos ou dissonantes, como uma bicicleta, um jornal, um rádio ou uma lata Pepsi. Ghadirian brinca com estas justaposições e contrastes, expressando assim as dificuldades enfrentadas pelas mulheres no Irã de hoje, divididas entre a tradição e a modernidade da globalização. Estes retratos mostram que estas mulheres ainda hoje estão inseguras a que era pertencem.



 Retratos da Série Qajar 

Em sua outra série Like Everyday (2000) após seu casamento com o colega e fotógrafo, Peyman Hooshmandzadeh  Ghadirian representa a rotina diária e repetitiva que muita vezes define o padrão de vida das donas de casa. As fotografias  mostram figuras envoltas em tecido estampado que lembram a clássico vestimenta iraniana, o chador. No entanto, no lugar de um rosto, cada figura tem um item doméstico, como um ferro, uma xícara de chá, uma vassoura, um pote ou uma panela.

Shadi Ghadirian, Série Like Everyday 
Seu trabalho está intimamente ligado à sua identidade de mulher muçulmana que vive e trabalha no Irã. No entanto, sua arte também lida com questões relevantes para as mulheres de todo o mundo, questionando o papel da mulher na sociedade e explorando as  idéias de censura, religião, modernidade e o status das mulheres. 
Com seu trabalho delicado e ao mesmo tempo irônico, Ghadirian tem conquistado o mundo da arte ocidental e seu trabalho está em museus e galerias em toda a Europa e nos EUA. Ela também tem sido destaque na mídia impressa e eletrônica (incluindo o New York Times, o Photography Now, o Daily Telegraph , a BBC e outros). Seu trabalho está também na coleção do Los Angeles County Museum of Art, entre outros.

Neste vídeo a artista fala sobre seu próprio trabalho e referências da história da fotografia iraniana (em inglês):

The Hidden World of Shadi Ghadirian from The Kitchen Sisters on Vimeo. 

Baseado em Wikipedia e site da artista Shadi Ghadirian.


Um comentário

  1. Eu acho sensacional esse contraste que a Shadi efetua em suas fotos. Tradição e a modernidade. Adorei o seu post, bem esclarecedor! Seu blog, sempre me enriquecendo! ;)

    ResponderExcluir