HOME SOBRE DIÁRIO DE VIAGEM LÍNGUA PERSA SEU GUIA FAQ CONTATO LOJINHA

As Artes Tradicionais do Irã

A arte iraniana tem uma longa tradição e estilo único, como demonstra sua arquiteturatapetescerâmicas, artesanato em metal e madeira e pintura. O patrocínio de artistas pelo governo data de mais de 2000 anos. O padrão estético anterior a conquista islâmica, assim como a representação estilizada de figuras e padrãoes geométricos influenciaram a evolução da arte no Irã durante o primeiro período da era islâmica (650-1220). Exemplares de objetos elaborados em bronze, cerâmica, ouro e prata deste período são preservados nos museus. A poesia persa também se desenvolveu durante esta época, durante a dinastia Safávida (1501-1722), considerada a época dourada da arte iraniana na miniatura e arquitetura. No século 20, os artistas passaram a experimentar novos estilos e técnicas incorporando influencias europeias e da Ásia Ocidental.

Arquitetura


A arquitetura iraniana mostra uma grande variedade, tanto estrutural quanto estética e um desenvolvimento gradual e coerente de pelo menos 5000 anos. Sem inovações repentinas, apesar das repetidas invasões e choques culturais, ela alcançou uma individualidade distinta da de outros países muçulmanos. Suas virtudes primordiais são um forte senso de forma e escala, inventividade estrutural e genialidade decorativa ímpares. Tradicionalmente, o motivo principal da arquitetura iraniana é o seu simbolismo cósmico, no qual o homem encontra comunicação com os poderes divinos. 

Praça Naghshe Jahan em Isfahan, um dos  magníficos exemplos da arquitetura persa


Tapetes


Os tapetes persas são uma das mais importantes manifestações da arte e  cultura persas.O luxo associado a eles contrasta com seu modesto início entre as tribos nômades do Irã. O tapete que era um bem necessário para proteção contra o frio do inverno, posteriormente se converteu em um meio de expressão artística, incorporando desenhos e cores deslumbrantes, inspirados na natureza. Os tapetes tradicionais são confeccionados inteiramente com matérias-primas naturais. Cada cidade do Irã possui seu próprio padrão de tapete único no mundo. Atualmente é um dos seus maiores produtos de exportação do país. 


A tradição dos tapetes artesanais

Arte em Metal 


Remontando desde o período elamita (c. 5000 a.C), a arte em metal é talvez uma das mais bem documentadas entre as artes do Irã. Objetos moldados em latão e bronze com detalhes em relevo minuciosamente entalhado são os que mais sobreviveram, enquanto aqueles em ouro e prata, provavelmente resistiram menos à passagem dos tempos. As vezes, ecoando a forma de outros utensílios de custo mais baixo, como a cerâmica, os objetos em metal do Irã serviram para uma grande variedade de funções. 
Vaso com relevos caligráficos, arte islâmica do Irã

Cerâmica 


Através dos séculos, a cerâmica no Irã tem sido criada para atender a diversas demandas e sua forma mudou constantemente ao longo das sucessivas dinastias. Sua história remonta ao Neolítico e os museus iranianos expõem milhares de vasos e fragmentos e objetos de cerâmica recuperados de sítios arqueológicos e ruínas históricas do Irã. A profissão do ceramista tem um lugar especial na literatura persa. 

Cerâmica iraniana

Miniatura Persa 


Uma das mais conhecidas formas de arte persa, a pintura em miniatura ganhou importância a partir do século XIII, servindo na ilustração e iluminação de manuscritos e obras da literatura alcançando seu esplendor nos séculos XV e XVI. A miniatura persa continua a existir entre as artes visuais do Irã até os dias de hoje, embora com influências da arte ocidental.  
Minitura persa,  por  Mir Sayyed Ali, 1570

Baseado em Iranian Students Associantion e Wikipedia


Adoce o chá com seu comentário!

Postar um comentário