HOME SOBRE DIÁRIO DE VIAGEM LÍNGUA PERSA SEU GUIA FAQ CONTATO LOJINHA

A Literatura do Irã

Desde suas origens no século IX, a literatura persa moderna foi dominada exclusivamente pela poesia. Entre os mais importantes poetas estão Ferdowsi, que escreveu o famoso épico do Irã pré-islâmico Shahnameh (completo em 1010); Omar Khayyam, autor do famoso Rubayat e Nezami que escreveu a coletânea de versos conhecida como Khamseh (Quinteto). 
A poesia persa alcançou o seu auge nos séculos XIII e XIV como os poetas místicos Jalal al-Din Rumi, Sa'di e Hafez. Nos séculos seguintes, após o declínio da literatura persa, durante aproximadamente 5 séculos, a prosa e a poesia consistia em imitações dos grandes mestres do passado. 
No século XIX a literatura reviveu e continua até o presente. A ficção, especialmente em forma de contos, emergiu como um novo e importante gênero. Na lista dos modernos escritores do Irã estão Mashid Amirshahi, Simin Daneshvar, Ismail Fassih, Houshan Golshiri e Mohsen Makhmalbaf (também diretor de cinema) entre outros. Os escritores exploram temas que foram proibidos a partir da revolução de 1979, como liberdade política, rebelião contra as autoridades, sátiras à monarquia da época da dinastia Pahlavi. Entretanto, desde a revolução, muitas obras acusadas de serem anti-religiosas foram banidas.

Omar Khayyam
Hafez 
Rumi



2 comentários

  1. Esqueceu falar de grandes nomes da poesia moderna do Irã como Forough Farrokhzad, Ahmad Shamlou, Fereydoon Moshiri, Sohrab Sepehri, Nader Naderpour, Simin Behbahani e muitos outros que você deixou de mencionar e ainda o pioneiro de estilo moderno de poesia no Irã Nima Yooshij!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, este artigo é bem introdutório mesmo, porque ele é do início das minhas pesquisas sobre o Irã. Muito obrigada pelas dicas, em breve vou postar algo sobre cada um destes grandes nomes!

      Excluir