HOME SOBRE DIÁRIO DE VIAGEM LÍNGUA PERSA SEU GUIA FAQ CONTATO LOJINHA

CONVITE PARA EXPOSITORES: Bazar Intercultural em São Paulo



Se preferir, preencha o formulário abaixo, entraremos em contato o mais breve possível. 


Tirgan: celebrando o Festival da Chuva

Crianças iranianas brincam de atirar água durante o Festival de Tirgan

Salam amigos! Hoje os iranianos celebram o festival de Tirgan também conhecido como Jashn-e Tirgan, ou "Festival da Chuva" 

Esta  tradição faz parte do  zoroastrismo, a religião ancestral do Irã, mas ainda hoje é revivida pelo povo iraniano no dia 13 do mês de Tir, (o quarto mês do calendário persa), que equivale a 2, 3 ou 4 de julho de nosso calendário. 

O nome do festival vem do arcanjo, Tir (cujo nome significa "flecha") ou Tishtar (relâmpago), que é o guardião das tempestades de trovões que trazem as chuvas tão necessárias que aumentam a colheita e evitam a seca durante o o verão árido do Irã.

Há também uma outra lenda que associa o nome da celebração ao arqueiro Arash, personagem da mitologia persa.


 No 13º dia do mês persa de Tir,  durante a disputa entre os reinos da Pérsia e Turan, Arash  disparou sua flecha que caiu nas margens do rio  Oxus. Assim, foram definidas as fronteiras entre os dois reinos. Diz a lenda que, assim que a disputa fronteiriça foi resolvida, a chuva começou a cair em ambas as terras, que sofriam com uma seca de oito anos.

Por este motivo, neste dia, o dia 13 de Tir (4 de julho) os iranianos celebram o "Festival da Chuva".

Um das tradições desta época é amarrar fitas da cor do arco-íris em torno dos pulsos durante os dez dias antecedentes e depois jogá-las em um córrego no dia do festival. 

Neste dia os iranianos também celebram com músicas, danças, poesias e até mesmo brincando de atirar  água uns nos outros nos parques. Também são servidas  comidas típicas como sopa de espinafre e sholeh zard (pudim de arroz com sabor açafrão).

Baseado em Iran Review


UNESCO acrescenta 8 locais históricos do Irã à lista de Patrimônios Mundiais


Palácio de Ardeshir (Crédito da imagem: © ICHHTO Autor: B. Sedighi)
No dia 30 de junho durante reunião no Bahrein, a UNESCO acrescentou 8 sítios arqueológicos iranianos pré-islâmicos à Lista de Patrimônios Mundiais, elevando para 24 o número de locais culturais do Irã nesta categoria.

Os locais estão  listados no site da UNESCO como: "Paisagem Arqueológica Sassânida da região de Fars". 

Os oito sítios arqueológicos estão  situados em três pontos no sudeste da província de Fars: Firuzabad, Bishapur e Sarvestan. Essas estruturas fortificadas, palácios e planos urbanos remontam aos tempos mais antigos e mais recentes do Império Sassânida", que se estendia por toda a região de 224 a 658 EC.

 Entre esses locais está a capital construída pelo fundador da dinastia, Ardashir Papakan, além de uma cidade e estruturas arquitetônicas de seu sucessor, Shapur I. A paisagem arqueológica reflete a utilização otimizada da topografia natural e testemunha a influência aquemênida e as tradições culturais partas e da arte romana, que tiveram um impacto significativo na arquitetura e nos estilos artísticos da era islâmica.

A região de Fars foi o berço da dinastia Sassânida que teve início no século III. Os sassânidas dominavam a terra que em seu auge, cobria áreas a oeste do Afeganistão e o Egito. A dinastia finalmente caiu após a conquista árabe sob o califado Omíada em meados do século VII.

Palácio de Ardashir (Crédito: © ICHHTO. Autor: B. Sedighi)

Qal'eh Dokhtar (Crédito: © ICHHTO. Autor: S.H.Rashedi )

 Relevo da Investidura de Ardashir I  (Crédito: © ICHHTO. Autor: B. Sedighi)

Ardashir  Gur  (Crédito: © ICHHTO. Autor: S.H.Rashedi )


Estátua de Shapur I (Crédito: © ICHHTO. Autor:  B. Sedighi)

Relevo da Vitória de Shapur I (Crédito: © ICHHTO. Autor:  B. Sedighi)

Bishapur  (Crédito: © ICHHTO. Autor: S.H.Rashedi )

Monumento de Sarvestan  (Crédito: © ICHHTO. Autor: S.H.Rashedi )



A despedida heroica do Irã na Copa do Mundo 2018

O goleiro iraniano Alireza Beiravand após defender o pênalti de Cristiano Ronaldo! 
Salam amigos! Nós, os amigos da Pérsia ainda estamos inconsoláveis com a saída do Irã da Copa! Mas, também estamos orgulhosos pela atuação heroica da Seleção Melli no Mundial da Rússia.   

Nesta segunda 25/06, o Irã enfrentou Portugal em sua última partida, sabendo que provavelmente precisaria de três pontos para se classificar para as oitavas, uma vez que a Espanha era a favorita contra o já eliminado Marrocos. Os comentaristas esportivos classificaram o duelo como um verdadeiro combate, em todos os sentidos. 

O primeiro gol de Portugal, marcado por Ricardo Quaresma colocou Portugal em vantagem nos momentos finais do primeiro tempo. Mas o herói do jogo sem dúvida foi o goleiro Alireza Beiranvand  que com certeza já entrou para a história da Seleção Iraniana e das Copas por ter defendido o pênalti cobrado por Cristiano Ronaldo. “Tenho orgulho de ter defendido esse pênalti. Ele é um dos maiores jogadores de todos os tempos ”, comentou o goleiro iraniano. "Esse pênalti nos trouxe de volta ao jogo, e criamos algumas oportunidades de marcar gol", acrescentou ele.

No entanto, o empate para o Irã, também pelo pênalti cobrado pelo atacante Karim Ansarifard, chegou muito tarde e restou pouco tempo para os iranianos conseguirem uma vitória. Mehdi Taremi quase marcou um segundo gol para o Irã, aos 45 minutos do segundo tempo, um resultado que teria mudado a história e garantido a classificação do Irã. Porém, quase no mesmo instante, ficamos sabendo que a Espanha havia empatado o jogo contra o Marrocos, também nos acréscimos. As esperanças do Irã foram esmagadas! Com o empate, o Irã saiu da Copa, com apenas um ponto atrás de Portugal e Espanha. 

Nas palavras do atacante Ansarifard, os iranianos tiveram um ótimo desempenho e competiram contra as melhores equipes do mundo, ombro a ombro. “Estamos aqui para manter esse sonho vivo o quanto pudermos.” É o que Carlos Queiroz, técnico português da Seleção do Irã repetiu várias vezes durante suas entrevistas na Rússia. E sua equipe manteve o sonho vivo até o último momento! 

Os  zagueiros iranianos Vahid Amiri e  Ramin Rezaeian parando o ataque do português André Silva

Ramin Rezaiean  cabeçeando para fora  o ataque de Cristiano Ronaldo
Defendeu! Alireza Beiranvand faz história nas Copas agarrando o pênalti de Cristiano Ronaldo 

Karim Ansarifard comemora o seu gol de pênalti  junto com Milad Mohammadi

Os jogadores iranianos desabam após o final do jogo, o sonho da classificação chegou ao fim...

O goleiro português  Rui Patrício cumprimenta Alireza Beiranvand 
Para mim a Seleção do Irã já é vitoriosa, por ter se classificado para Copa da Rússia, como o primeiro colocado entre os times asiáticos, por terem enfrentado dificuldades até mesmo para conseguir as próprias chuteiras após o boicote da Nike, por ter defendido a presença das torcedoras proibidas de frequentar os estádios em seu próprio país. E sobretudo, por ter brilhado aos olhos do mundo com uma equipe de atletas que venceram todas as adversidades na vida pessoal e no mundo dos esportes.

A torcida se manifesta : "Deixe as mulheres iranianas entrarem nos estádios delas"
As mulheres iranianas estiveram presentes em grande número na Rússia, torcendo pela sua Seleção! 

O cartaz deste torcedor resume tudo:
 "Talvez nós NÃO tenhamos Iniesta ou Ronaldo, mas NÓS TEMOS um grande CORAÇÃO para um SONHO Maior!

Adaptado do artigo de Siavash Rahmani para o site 2018 FIFA World Cup Russia


Linkagens do Irã na Copa 2018 - #02


Salam amigos! Nesta quarta (20/06)  a Seleção do Irã enfrentou a "Fúria" da Espanha com uma tática de defesa apelidada de "paredão iraniano". Depois de muita peleja, a Espanha conseguiu furar o bloqueio e levar a melhor. O atacante Ezatolahi ainda conseguiu marcar um gol aos 16 min do segundo tempo, mas um impedimento marcado pelo árbitro acabou com a festa dos persas...  

O Irã perdeu a segunda partida por 1 gol, mas ainda está entre os classificados do Grupo B. Enquanto isso fora de campo, a torcida feminina iraniana luta pelo direito de pode entrar nos estádios e muitos jogadores como o goleiro Alireza Beiranvand, já venceram muitas barreiras na vida antes de brilhar na Copa da Rússia! 

Vamos continuar acompanhando os melhores momentos do Irã na Copa através das linkagens semanais! 

O Mundial da Rússia ainda não terminou, mas a Seleção do Irã com certeza já pode levar o título de a mais carismática da Copa! Veja porque os jogadores iranianos também brilham fora dos gramados! 
É um pássaro? é um avião? Não! É Alireza Beiranvand, o goleiro herói da Seleção do Irã. Conheça a surpreendente história de vida deste jovem nômade do Luristan que é hoje um astro da Copa!   
3) Capitão do Irã apoia campanha para liberar mulheres em estádios do país
A maior vitória do time asiático neste Mundial pode acontecer fora de campo. O capitão Masoud Shojaei defendeu a presença das mulheres nos estádios também em seu país.
  4) Os Cliques mais bonitos do jogo Espanha x Irã 
Defesa "paredão" do Irã, um gol anulado e uma vitória sofrida da Espanha por 1x0. Uma galeria de fotos para você recordar as emoções do duelo  entre espanhóis e iranianos na Arena Kazan! 

RESULTADOS DO IRÃ NA COPA

O Irã ainda tem chance! Vamos torcer juntos aqui no Chá! 

Deixe nos comentários o seu palpite para o próximo jogo 
Irã x Portugal!