HOME SOBRE DIÁRIO DE VIAGEM LÍNGUA PERSA SEU GUIA CONTATO APOIE

LIVE - "Contos Persas" com Factima El Samra e Arash Azadeh


📅 NESTE SÁBADO, 17/04, ÀS 17h

Vamos viajar pela magia dos Contos Persas apresentados por Factima El Samra, com participação especial do músico iraniano Arash Azadeh.

O evento é organizado pela Biblioteca Hans Christian Andersen com apoio cultural do blog Chá-de-Lima da Pérsia. 

🔴 A transmissão será AO VIVO pelo YouTube no canal da Factima El Samra e pelo Facebook da Biblioteca Hans Christian Andersen. Inscreva-se, ative o 🔔 e participe! 


Tradições e curiosidades do Ramadan no Irã



Salam amigos! Nesta quarta-feira (14/04), teve início o Ramadan (em persa Ramazan), mês sagrado para os muçulmanos de todo o mundo. Nesta ocasião, os muçulmanos praticantes observam o jejum que é um dos 5 pilares do Islã, além de renovar sua fé através da prática da oração, da generosidade e evitando as más ações.

Se você planeja viajar para o Irã quando terminar a pandemia, é muito importante saber exatamente quando começa e termina o mês de Ramadan. Durante este período, a maioria dos restaurantes do país fecha durante o dia e até mesmo beber água ou fumar nas ruas é mal visto. Mas, apesar de parecer uma época complicada para o turismo, o mês sagrado islâmico no Irã também pode oferecer um lado belo e interessante para os visitantes que estejam dispostos a se aventurar por lá. 

  • ATUALIZAÇÃO COVID-19: Por conta da pandemia do Coronavírus, no momento atual a República Islâmica do Irã não está permitindo a entrada de visitantes para turismo. As informações serão atualizadas constantemente aqui no blog. 

Como os iranianos realmente encaram o Ramadan?


Iranianos compram comida típica preparada na hora do Iftar. (Imagem do site: Iran Tourismer)

Em teoria, o jejum do mês de Ramadan consiste em se abster de comida, bebida, relações sexuais, e toda prática considerada ilícita, do nascer ao pôr-do-sol, e é obrigatória a todo indivíduo a partir da puberdade que esteja em condições físicas de fazê-lo. Apesar de ser praticado com seriedade por muitos muçulmanos ao redor do mundo, nem todos os iranianos seguem o jejum à risca.

Durante o mês sagrado no Irã,  restaurantes, cafeterias, lanchonetes, food-trucks e barracas de comida, devem ficar fechadas até a hora do Iftar (desjejum), aproximadamente às 20h (hora local, menos alguns minutos todos os dias) e não servir nada, nem mesmo comida para viagem. 

Mesmo assim, alguns hotéis e restaurantes, principalmente aqueles que atendem a turistas ou recebem hóspedes de outros países, servem comida e até mandam entregá-la secretamente para os clientes em discretas sacolas plásticas pretas. É comum ver até mesmo algumas pessoas comendo sanduíches escondidas pelos becos, aproveitando a saída do escritório na hora do almoço.

Comidas típicas do Irã durante o Ramadan

Mas para aqueles que praticam o jejum à risca ou não. O nono mês do calendário islâmico ainda tem um papel importante nas tradições e costumes sociais iranianos. Na hora do Iftar, um cardápio fantástico é  ofertado em quase todos os restaurantes iranianos. Guisados, doces de dar água na boca, tâmaras frescas, o tradicional queijo azari com vegetais e nozes acompanhados pelo tradicional copo de chai são o que você pode encontrar em qualquer mesa de jantar no Irã durante o Ramadan. 

O interessante é que essas refeições e alimentos tradicionais  podem ser encontrados durante todo o ano em alguns restaurantes especiais no Irã, mas sua popularidade cresce muito durante o mês sagrado. É comum encontrar mesas cheias de guloseimas especialmente preparadas para o Ramadan na frente de quase todos os supermercados, restaurantes e lanchonetes de kebab do país, ou até mesmo sendo vendidas pelos ambulantes nas ruas.

Conheça algumas das delícias típicas do mês de Ramadan no Irã: 

Zulbia Bamieh (doce típico do Ramadan)

Docinhos crocantes de massa frita crocantes por fora e macios por dentro, que depois é mergulhada em uma deliciosa calda de açafrão doce. Dizem que é impossível comer um só! 

Zulbia Bamieh (Imagem do site: 1stQuest)

Veja também o post: Bamieh, um doce especial do Ramadan no Irã 

Halim (mingau de trigo com carne)

Se você viajar para o Irã durante o Ramadan, o cheiro de trigo recém cozido com carne na hora do Iftar ou antes do nascer do sol não vai ficar impregnado na sua mente. Alguns cozinheiros iranianos ainda preparam o Halim à moda antiga; cozinhando e mexendo o trigo por 12 horas e depois adicionando a carne que é servida junto. Uma delícia da culinária persa que todos merecem saborear após um dia inteiro de jejum! 

O delicioso Halim (Imagem do site: 1stQuest)


Ash-e Reshteh (sopa de feijão e ervas com macarrão) 

Um dos melhores ensopados persas tradicionais é composto de vegetais, cebola frita, carne, nozes, feijão, reshte (macarrão persa) e outros ingredientes. Pode-se dizer que é tudo o que um iraniano possivelmente deseja comer durante uma semana em uma pequena tigela! 

O divino ensopado Ash-e Reshteh. (Imagem do site: Cooking NYT)


Como o Ramadã afeta o turismo no Irã?

Se você está planejando viajar para o Irã durante o mês sagrado do Ramadan, há algumas regras e informações importantes que você precisa saber:

  1. Em primeiro lugar, nunca beba ou coma nada enquanto estiver em público, algumas pessoas podem considerar isso uma ofensa grave.
  2. Quase todas as atrações turísticas e pontos turísticos estão abertos durante o dia. Certifique-se de verificar isso com o seu guia local ou, se você tiver amigos iranianos, pergunte a eles.
  3. Por último, e possivelmente o mais importante, é que durante o mês sagrado do Ramadan, algumas taxas de entrada em atrações turísticas são reduzidas e os preços dos hotéis também tendem a baixar. Isso pode compensar as dificuldades de visitar o Irã na época do Ramadan.

Durante o Ramadan há menos pessoas nas ruas e menos viajantes dispostos a circular pelo país. Nessa época, por causa do jejum durante o dia, os iranianos se tornam cada vez mais noturnos e todo mundo sai de casa depois das oito da noite, e após a hora do Iftar tudo está em clima de festa. 

Celebrações religiosas durante o Ramadã no Irã


Celebração do Martírio do Imam Ali, no 21º dia do Ramadan no Irã. (Imagem do site: 1stQuest)

O 21º dia do Ramadan, celebração do martírio do Imam Ali, é provavelmente uma das datas mais marcantes para quem deseja conhecer os costumes religiosos dos muçulmanos do Irã. Durante este dia são realizadas cerimônias e os rituais religiosos acontecem em todo o país, o que torna o Ramadan no Irã  memorável. Milhares de participantes locais batendo no peito vestidos de preto lamentam o martírio do Imam Ali, enquanto encenações teatrais, distribuição de comida e sharbats (refrescos) grátis enchem as ruas de todas as cidades do Irã. 

Como saber quando começa o mês de Ramadan?

O Irã adota um calendário oficial que é o calendário iraniano solar (cujo ano atual é 1400), mas as celebrações muçulmanas seguem o calendário islâmico lunar (cujo ano atual é 1442).

O Ramadan sempre cai no mesmo dia, de acordo com o calendário islâmico lunar. Contudo, o dia difere também do calendário gregoriano, já que este é um calendário solar, causando uma diferença aproximada de onze dias por ano.

Para saber quando começa o mês do Ramadan é necessário observar o calendário islâmico lunar. 

  • Em 2021, na hora local do Irã, o Ramadan começou nesta quarta-feira, 14/04/2021 e terminará no dia  13/05/2021.

Desejo um feliz e abençoado mês de Ramadan 
a todos os queridos amigos muçulmanos!

🔗Artigo adaptado do site 1stQuest

 💞 Este é um artigo inédito em língua portuguesa que você só encontra aqui no blog Chá-de-Lima da Pérsia. Se você também é fã da cultura do Irã e considera importante o nosso trabalho, saiba aqui como você pode apoiar o blog. 


LIVE - Bate papo sobre Dança Clássica Persa



NESTE SÁBADO, 10/04, ÀS 16h00

Chá-de-Lima da Pérsia recebe a artista Sandra Zahirah para um bate papo sobre a Dança Clássica Persa.

Ainda pouco conhecida no Brasil, o estilo conhecido como dança clássica persa desenvolveu-se nas cortes palacianas do Irã, especialmente na era Qajar.

🔴 A transmissão será AO VIVO pelo nosso canal do YouTube.  
🔔 Inscreva-se, ative o lembrete e participe! 


LIVE - Bate papo sobre o livro "A Tinta e o Turbante: uma história do Irã"



NESTA TERÇA-FEIRA, 06/04, às 19h

Chá-de-Lima da Pérsia recebe o Prof. Dr. Emiliano Unzer, para um bate papo sobre o seu novo livro "A Tinta e o Turbante: uma história do Irã", uma obra inédita sobre a história do Irã no Brasil.
"O Irã, na sua história, é um monumento à humanidade. Saber apreciar e ler suas linhas, seus feitos e obras, certamente nos ajudará a compreender esse país, e de sua contribuição para a história da humanidade. Enxergar apenas o lado acusador, dos abusos dos direitos humanos que ganham a atenção internacional é uma desonestidade. Há algo muito maior do que isso quando devemos lucidamente entender a história e cultura do Irã. Cabe a nós essa responsabilidade e esse pequeno livro talvez possa vir a contribuir para isso."
Prof. Dr. Emiliano Unzer é autor do canal História da Ásia e já publicou vários livros na área de história asiática.  

🔴 A transmissão será pelo nosso canal do YouTube.  
🔔 Inscreva-se, ative o lembrete e assista AO VIVO:



Evento Online - Noruz: Ano Novo Persa 2021

🔔 SALVE ESTA DATA! Sábado, 20/03/2021 às 17h00

Salam amigos! Já estamos na contagem regressiva para o Noruz, o Ano Novo Persa 1400!

O  NORUZ é Patrimônio Mundial da UNESCO, celebrado no Irã e em mais de 15 países. A data marca o início da primavera no hemisfério norte e suas tradições têm origem na antiga Pérsia. Seu rico simbolismo se mantém vivo e presente na atualidade, como parte da herança cultural dos países em que é comemorado e entre as comunidades de imigrantes que o celebram ao redor do planeta.

A falta de informações sobre a cultura do Irã nos meios de comunicação do Brasil, infelizmente tem deixado uma grande lacuna. Por esse motivo temos a satisfação de organizar este evento online, com o objetivo de apresentar a riqueza e diversidade da cultura iraniana para o público brasileiro. 

Confira a programação e participe! 


🔴 Assista à reprise do evento online Noruz: Ano Novo Persa (canal ISAPB no YouTube): 


Siga o Chá-de-Lima da Pérsia no Facebook e Instagram
 e inscreva-se em nosso no canal do  YouTube


LIVE no História in Casa TV - Por que você foi para o Irã?


NÃO PERCA! Nesta quinta-feira 04/03, às 20h

História provoca: "Por que você foi para o Irã?"

Estarei nesta live do canal História in Casa, apresentada por Thiago Lima, respondendo a esta e outras perguntas e recordando a minha experiência como viajante no Irã. 

🔴 O programa será transmitido ao vivo pelo  YouTube:

Assista à gravação 👇🏽